Saboreie a deliciosa leitoa Mateira

Leitoa Mateira - Foto: Vilson Olipa- TR Notícias

> Foto em destaque: Leitoa Mateira – Retirado do site TR Notícias 

Desde 2002 Mamborê tem a “Leitoa mateira” como seu prato típico após um trabalho do Fórum de desenvolvimento municipal. A simpática leitoa com sua cuia de chimarrão fez enorme sucesso e, não à toa, se tornou uma das maiores festas da região. Historicamente, o prato tem origem histórica na exploração da erva-mate que foi o motivo maior da  origem do povoado Mamburê (Natividad) e a criação de suínos que é um dos destaques da agricultura local até os dias atuais. O prato típico de Mamborê destaca as duas principais atividades econômicas do início do município, a erva mate o antigo sistema de criação de porcos (suinocultura).



-> Conheça todos os pratos típicos da região

Lenda da Leitoa Mateira*

  • Texto retirado de: Renato Augusto Carneiro Jr. (coordenador). Baixe o livro aqui  21. ed. Curitiba : Secretaria de Estado da Cultura , 2005. (Cadernos Paraná da Gente 3).

Antigamente Mamborê era a principal região extrativista de erva-mate da região; quem tomava conta das plantações eram os porcos, pois não havia o costume de criá-los em regime fechado.

Diz a lenda que em torno a um grande pé de erva-mate, os mateiros se reuniam para celebrar a colheita. Nesta festa de confraternização, estimulavam-se as amizades e a fraternidade, que os mantinham unidos até o próximo ano. Com o tempo esta tradição foi se extinguindo e a festa deixou de acontecer. Com isso, a produção deixou de ser farta, as amizades entre mateiros já não eram tão estreitas e as intrigas entre produtores já eram constantes.

Uma leitoa, que sempre acompanhava as festividades, percebeu o caos que estava para acontecer e, em um ato de solidariedade, pediu para a mãe-natureza que tudo voltasse a ser como antes, nem que ela tivesse que sacrificar a sua própria vida.

E assim ocorreu. Em meio às discussões e atritos entre produtores, escutou-se um grande estrondo, como um raio que caíra na proximidade de um grande pé de erva-mate. Todos correram para ver e encontraram um grande banquete, no qual o prato principal era a leitoa. Todos, então, compreenderam que as tradições e as amizades estavam sendo trocadas pelos sentimentos de ganância e materialismo.

Esta festividade durou por décadas, advinda da lenda da leitoa mateira. E até hoje, a comunidade se reúne para saborear a leitoa mateira, com o intuito de promover as amizades e a fraternidade.

Idealização da Leitoa Mateira

O idealizador do prato é o comerciante Jurandir Sachuk, popularmente conhecido como “Jura”. Segundo informações da assessoria de imprensa do município, a primeira leitoa foi desossada no início da década de 90 inicialmente em eventos com familiares e amigos do comerciante.

Atualmente o prato é servido na tradicional “Festa da Leitoa Mateira” e em eventos sociais diversos dentro e fora do estado do Paraná levando o nome de Mamborê nas mais distantes localidades.

Leitoa mateira - Foto: Vilson Olipa - TR Notícias

Festa da leitoa mateira – Foto: Vilson Olipa – TR Notícias




Leitoas mateiras preparadas por ano

Abaixo uma lista com a quantidade de leitoas preparadas por ano. Aqui foram contabilizadas apenas as preparadas para as festas dos pratos típicos. Todas as informações foram retiradas dos portais de notícias TR notícias , Cidade destaque  e assessoria de imprensa da Prefeitura municipal.

Ano Leitoas preparadas
2003 30 ( TR Notícias )
2004 49 ( TR Notícias )
2005 54 ( TR Notícias )
2006 65 ( TR Notícias )
2007 56,5 ( TR Notícias )
2008 80 ( TR Notícias )
2009 91 ( TR Notícias )
2010 100 (Tribuna do Interior)
2011  Ainda não temos esta informação. 
2012 Aproximadamente 70 ( Tribuna do Interior)
2013   Ainda não temos esta informação.
2014 90 a 100 leitoas (Boca Santa)
2015 Ainda não temos esta informação.
2016 Aproximadamente 60 ( Tribuna do Interior)
2017 45  (Guia Mamborê)
  • Não temos as informações de alguns anos. Caso saiba e queira contribuir, por favor comente ao fim do texto ou envie um e-mail para contato@trilhaselugares.com

Curiosidades da Leitoa Mateira

  • O tempero da leitoa mateira é um dos segredos mais bem guardados da região e garante um sabor único ao prato.
  • O lançamento do prato típico foi em 2002 juntamente com uma cavalgada no município que reuniu mais de 700 cavaleiros na Fazenda Três Lagoas.
  • Em 16 de julho de 2012 o prato típico foi incluído no calendário de eventos do Estado do Paraná e ficou definida a data do segundo domingo do mês de junho (Lei 17.233).
  • Em 2012 o evento contou com a presença do clube do fusca de Campo Mourão.
  • Desde 2016 a festa ganhou um amplo espaço no parque de exposições da cidade. Certamente após algumas melhorias pode se tornar uma das melhores estruturas do Paraná.
  • A 1ª Feira do Artesanato ocorreu em 2016 na festa do prato típico. Contou com a participação de artesãos de toda região.
  • No mesmo ano infelizmente, houve o problema da falta de leitoa devido a venda maior que a capacidade de comercialização por parte de uma das barracas (um triste acontecimento que acreditamos que nunca irá se repetir);
  • Quem quiser saborear o prato fora de época pode comprar/encomendar uma leitoa mateira no Comercial Sol Nascente. Tel: (44) 3568-1631.
  • -> Veja no mapa como chegar 

 E você?

 Já conhece o prato típico? O que achou? Compartilhe conosco!

Conta pra gente, o que você achou?

Ajude-nos a mostrar o que temos de melhor no Paraná! Siga-nos no Facebook @TrilhaseLugares e Instagram @trilhas_e_lugares Sugira, critique, participe! ;-)