Vesná cultivando a tradição ucraína no Paraná

Pêssankas, tradicionais ovos pintados na Páscoa de Roncador

Pêssankas, tradicionais ovos pintados na Páscoa de Roncador. Foto: Facebook/ Vesná



O Grupo Folclórico Vesná de Roncador busca cultivar e preservar tradições da comunidade ucraniana a partir da arte da dança folclórica. O grupo foi fundado em 1977 pelo Padre Marcos Heuko, então pároco da comunidade São Nicolau em Roncador/PR.

De origem ucraniana a palavra ‘Vesná’ significa ‘Primavera’. Conforme a tradição ucraína, Vesná é a época do ano onde os jovens se sentem mais alegres e mais dispostos a celebrar a vida. Inicialmente o grupo era restrito a jovens descendentes de ucraínos, porém com os anos as portas foram abertas a pessoas de outras religiões, tradições e culturas.

Desenvolvimento e expansão do grupo

Logotipo Vesna- RoncadorA partir dos anos 1980 o grupo foi se tornando referência em danças folclóricas ucraínas no Paraná se apresentando em vários espetáculos e eventos. Inclusive nos anos 2000 se apresentou no renomado Teatro Guaíra na capital paranaense.

Segundo Vidal Kovalek o Grupo Folclórico Vesná reiniciou as atividades em 2015. De nome novo, agora Associação Vesná de Roncador, o grupo conta com quase 150 integrantes, com dança e coral, mas tudo muito recente. Sobre a mudança de nome, segundo Kovalek  “o novo nome, achamos que é mais que isso, a associação se formou com o propósito de dar base para a cultura ucraniana em Roncador e para isso usou a estrutura e nome do grupo de dança Vesná, que já era uma pessoa Jurídica. Passamos a usar o nome Associação, pois além da dança teriam as outras atividades e um sistema de gestão, então ela passou a ser chamada de Associação mas com uma nova estrutura e atividades.”

Este ano conseguiram aprovação do projeto na lei Houanet e a COAMO patrocina o grupo. Diante destes fatos o grupo está conseguindo investir em técnica agora com os novos membros. No dia 23 de setembro estão organizando um evento em Roncador em comemoração aos 40 anos do Vesná.

Atuação do grupo

Segundo Vidal Kovalek, o grupo já ajudou outras cidades a começarem ou a reerguerem seu grupo, porém o foco é em Roncador. Os ensaios e treinos tem que ser nos finais de semana então, o tempo é curto. Agora, com os patrocínios, conseguem remunerar um pouco os coreógrafos e contrataram um maestro que vem periodicamente de Curitiba. O grupo já dançou entre os grandes grupos folclóricos. Estão dispostos agora a trabalhar com um grupo mais complexo, com coral, dança, instrumental, artesanato, teatro e outras expressões culturais.

Importância da sociedade no desenvolvimento do grupo

A questão social é fundamental para a associação. Existem integrantes de 4 a 70 anos sem custo algum ou restrição para participar. Inclusive conta com a intenção de desenvolver projetos de atividades para os mais idosos também. Um exemplo de que a cultura pode abrir portas para a integração social e valorização do ser humano, sua história e cultura.

E você? Conhece o grupo Vesná?

O que achou? Tem algum grupo folclórico em sua cidade? Conta pra gente!


Conta pra gente, o que você achou?

Ajude-nos a mostrar o que temos de melhor no Paraná! Siga-nos no Facebook @TrilhaseLugares e Instagram @trilhas_e_lugares Sugira, critique, participe! ;-)