Talentos anônimos nas ruas de Campo Mourão

Fazendo uma visita ao centro de Campo Mourão neste fim de semana, eu e meu irmão nos deparamos com um casal que nos abordou, dizendo a seguinte frase “Não queremos dinheiro, nem nada.. Mas eu e minha esposa, que está grávida, precisávamos comer.. Queria mostrar a minha arte caso vocês pudessem me dar uma ajuda..”. Após isso, ele tirou seus materiais e começou fazer a sua arte. Ele utiliza os seguintes materiais para compor a sua Arte: cerâmica, bisnagas de tinta à óleo, pedacinhos de espuma e palitinhos de dente. E tudo isso com muita criatividade!

-> Veja foto do artista no site coluna do Ely

Pintura Campo Mourão

Pintura Campo Mourão

Enquanto executava sua arte, ele nos contou que estava em Sarandi, cidade há cerca de 10 km de Maringá, e fazia mais ou menos um mês que estava residindo na cidade de Campo Mourão. Havia começado a pintar no ano de 2011, e tinha aprendido a fazer a arte em cerâmica com tinta à óleo em Brasília com um outro artesão chamado Fernando. Passado algum tempo ele retornou para Campo Mourão onde, todos os dias, faz e vende seus quadros.
O vídeo abaixo encontramos no Facebook com outro artista fazendo um trabalho semelhante ao do Fernando. Vale a pena assistir.

Fiquei surpreendida com tamanha agilidade e comecei à pensar como pessoas como estas são ignoradas e não tem seu talento reconhecido. Quantos Van Gogh modernos passam despercebidos aos nossos olhos na correria do dia a dia?  Na sua cidade já notou algo parecido? Algum artista/artesão/cantor que ainda não teve seu trabalho valorizado e reconhecido? Por favor, entre em contato conosco, pois queremos mostrar o que tem de melhor em nossa região.

Conta pra gente, o que você achou?

Escrito por: Bruna Elisa

Acadêmica de Turismo e Meio Ambiente - UNESPAR - Campo Mourão.