Goioerê prepara espaço para suas memórias

Um acervo que está sendo montado há cerca de 20 anos por equipes da administração pública municipal está prestes a ganhar espaço próprio. O sonho que teve como um dos idealizadores Nivaldo Novakoski vem se materializando num imóvel com grande valor histórico.

Segundo Renato, historiador e um dos responsáveis pela organização do acervo, o local escolhido já foi o primeiro hospital, 1ª delegacia e até mesmo a primeira prefeitura em alvenaria da cidade. Nos últimos anos, após servir de sede para a Secretaria Municipal de Educação, o prédio ficou abandonado. A intenção do governo municipal é reformar a edificação mantendo parte da estrutura original, preservando, desta forma, parte da história de Goioerê.

O acervo

O acervo do futuro museu será composto por jornais, discos de vinil, videoteca, entrevistas, obras plásticas, coleção de quadros, painéis, utensílios em móveis diversos. Uma das relíquias do museu será a coleção do extinto jornal “Folha Vale do Piquiri”.

Toda organização está sob a responsabilidade dos historiadores Murilo Brasil e Renato Renan dos Santos, da jornalista Leatriz Cristina de Souza e da auxiliar de serviços gerais Jeanne Silva.

Inauguração

A intenção da equipe e da administração municipal é a inauguração do museu no segundo semestre deste ano se tudo ocorrer dentro do esperado (licitação, compras e execução). Estivemos no local e constatamos que, se depender da vontade e competência da equipe, em breve Goioerê ganhará um dos melhores espaços históricos-culturais do Paraná. Desejamos sucesso à equipe!

Parte do trabalho da equipe pode ser acompanhada pelo Facebook através da página Casa da Memória de Goioerê

Conta pra gente, o que você achou?

Escrito por: Trilhas & Lugares

Ajude-nos a mostrar o que temos de melhor no Paraná! Siga-nos no Facebook @TrilhaseLugares e Instagram @trilhas_e_lugares Sugira, critique, participe! ;-)